Conheça algumas curiosidades da gravação “Solteiro Até Morrer” do MC Kekel

Making Of 2017/09/06

Todas as fotos por: Léo Caldas // Portal KondZilla

Já falamos sobre o perfil de cara romântico do MC Kekel. O cantor faz questão de deixar isso claro nas suas músicas e videoclipes, mostrando o seu jeitão brincalhão e divertido de ser. Se você tá na fossa, as letras do MC são uma opção que podem te ajudar. E a nova música do cantor, “Solteiro Até Morrer“, que conta com mais 20 milhões de visualizações no Youtube, com certeza levantou um fato com que muita gente se identificou. Se liga agora no Portal KondZilla como foram os bastidores da gravação do videoclipe:

O videoclipe de “Solteiro Até Morrer“, com direção de Gabriel Zerra, retrata muito bem o espírito do Kekel. Gravado boa parte na comunidade do Boi Mandela, na Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte de São Paulo, o MC aparece em boa parte do filme rodeado de amigos e celebrando a vida. Sim, esse é o Keldson.

Talvez o fato da gravação ser na Zona Norte pode soar estranho, ainda mais pelo fato do cantor ter nascido e ainda ser morador de Guaianases, na Zona Leste de São Paulo. Mas com um coração tão grande como o dele, tem espaço para várias quebradas. E o carinho pela quebrada da Zona Norte é tão forte, que em julho deste ano o MC distribuiu dezenas de cestas básicas para os moradores de lá. Uma atitude muito nobre do cantor.

Tem outro fato curioso nesse videoclipe. Caso você não tenha notado, no meio da filmagem você também percebe que, em certo momento, Kekel aparece com uma muleta. No dia em que trocamos ideia, ele contou que tinha se machucado em um acidente e estava com uma das pernas machucadas. Isso explica a muleta, já aquele chapeuzinho no estilo bombardeiro, que geralmente é usado em lugares onde faz bastante frio – o que não é bem o caso do extremo leste de São Paulo – foi arrumado no meio da galera e o MC não pensou duas vezes antes de usá-lo.

giphy-7

A letra da música também é bem fiel a esse espírito, mostrando sempre que “o presente está melhor” do que o passado (talvez até o futuro). Uma outra coisa que não poderia faltar nesse trabalho é a dança tímida que acontece em alguns momentos. Uns garotos bem do ligeiro mandaram uns “passinho dos maloca” (já falamos dele aqui). Uns passinhos novos que vem despontando nas quebradas e no funk.

Bem, ao final de tudo isso, podemos dizer que o “Kekel conheceu a liberdade”. Depois de “Partiu“, “Bigodar“, “Namorar Pra Quê?” e “Quem Mandou Tu Terminar?“, parece que o cantor realmente definiu que vai ficar “Solteiro Até Morrer“.

Siga o MC Kekel nas redes: Facebook // Instagram.
Escute a música nas redes: Spotify // Youtube.

Confira mais da gravação pelas fotos abaixo:

Autor:
Redação

Comentários