Já ouviu falar na MC Rita? A cantora mirim deu o papo

Música 2017/08/11

*Todas as fotos por: Guilherme Almeida // Portal KondZilla

Imagina você, de um dia para o outro, acordar com ligações de todas as pessoas importantes do mundo da música, dizendo que você é especial e quer trabalhar com o seu talento. Há três semanas, a MC Rita recebe diariamente ligações desse tipo e ainda não acredita em tudo o que aconteceu na sua vida desde o dia 17 de julho, dia em que gravou um vídeo caseiro cantando por brincadeira. Uma semana depois, no dia 25 de julho, depois de toda a repercussão, a cantora lançou o webclipe da música “Dedo no Gatilho“, que já tem mais de 200 mil visualizações no YouTube. O Portal KondZilla foi até a Baixada Santista para conhecer a “carreira” desse fenômeno.

Não é a primeira vez que mencionamos que o funk é uma grande roda gigante, onde um dia você pode estar por cima e em seguida outra pessoa alcança o topo. No caso da MC Rita, esse negócio de rapidez pode ser multiplicado por 100. Rita de Cassia da Silva Nascimento tem apenas 17 anos e ainda não se deu conta que o sucesso está batendo na sua porta.

“Foi tudo muito rápido. Até hoje não acredito muito em tudo o que está acontecendo, nessa coisa toda de pessoal pedindo para tirar foto, ligação, agentes”, brinca a MC, que ainda tenta perder a timidez. “Eu só quero mesmo é cantar!”.

11

O “descobridor” dessa garota foi Anderson Lourenço, o 2N – já falamos dele aqui. Compositor de sucessos como “Charme Chave“, do MC Boy do Charmes, e “Time de Monstrão“, do MC Neguinho do Kaxeta, 2N acredita que entrou na vida da Rita por intervenção divina.

“Tinha ouvido falar da Rita e do talento dela há uns três anos. Há pouco menos de três semanas, me deu um negócio e pensei em falar com ela, ver como ela estava. Encontrei a Rita e pedi pra ela cantar pra mim”, conta o compositor. “Ela virou de costas, dizendo que tinha muita vergonha, e cantou. Cara, eu fiquei todo arrepiado, mas tive certeza que aquilo era coisa de Deus”, explica 2N.

162N e Rita

Disposto a trabalhar com a garota, Anderson encontrou com a MC de novo alguns dias depois, sacou o celular e fez uma ao vivo da menina cantando duas composições dele: “Cavaco Chorão”, que já ganhou até weblyric, e “Meiga”, essa última feita especialmente para Rita. O rapaz agora atua como empresário e produtor da cantora.

Pronto, o mundo começava a conhecer o talento da MC Rita. No dia seguinte, o MC Euro, cantor da Baixada Santista e que se tornou uma espécie de guia para adolescente, subiu o vídeo do ao vivo na sua página do Facebook. Hoje, esse vídeo tem mais de 7 milhões de visualizações.

13

“Nem consigo acompanhar tudo porque nem celular eu tenho, vejo as coisas pelo celular da minha mãe (risos). Acho legal esse reconhecimento, espero que meu trabalho seja cada vez mais reconhecido”, diz Rita, que sonha em fazer parceria com o MC Davi, Marília Mendonça e um dia conhecer a Beyoncé.

Agora você pode estar pensando: ok, mas por qual motivo essa menina chamou tanta atenção? E nós respondemos: sua voz. Nos vídeos, já fica claro que a voz da Rita é realmente diferente. Pessoalmente, a garota impressiona a todos que a escutam cantar, é coisa de deixar geral de boca aberta.

A família apoia a garota desde sempre. A mãe, dona Christina da Silva, 39, conta que toda a comunidade Humaitá, um dos maiores e mais carentes bairros de São Vicente, conhece o talento da filha, que canta na igreja do bairro desde os 6 anos.

3

Christina conta também que a casa onde mora com a filha e mais sete pessoas é preenchida, dias e noites, pela cantoria da menina. O que, literalmente, tira o sono da mãe.

“Se deixar, essa menina passa 24 horas por dia cantando, é uma coisa de louco mesmo. Eu até brinco com ela, pra parar e não gastar a voz, mas não tem jeito”, conta Dona Christina, com orgulho.

A mãe da MC também tem que fazer as vezes de vigia. Com tudo que vem acontecendo nas últimas semanas, ela acompanha a filha pra cima e pra baixo, desde as quermesses de bairro, até festa de aniversário dos amigos.

1

Rita pode ser uma adolescente com 17 anos, mas as letras que ela canta tratam de um empoderamento que não é facilmente encontrado no mundo do funk, dominado por homens e com constantes debates sobre a objetificação da mulher.

Como já mostramos com a MC Bella, o mundo do funk é uma espécie de selva pouco habitada pelas mulheres. Músicas como as da MC Rita podem ajudar nesse “desbravamento”.

15

E com toda a repercussão do seu sucesso, a cantora já tem show marcado para São Paulo e Belo Horizonte. A garota diz que ainda não consegue se imaginar subindo no palco e cantando pra uma multidão, mas é bom ela já ir se acostumando, certo?!

Acompanhe o trabalho da MC Rita pelas redes sociais: Facebook // Instagram.

Comentários