MC Discolado é o primeiro escolhido do projeto #FavelaVenceu

Matérias 2017/03/31

Uma oportunidade. Esse é o desejo de todo artista para mostrar seu talento ao mundo e garantir o seu lugar ao sol. E com tantas dificuldades, tantos problemas, tantos concorrentes, uma oportunidade é cada vez mais o caminho para mostrar a cara. O projeto #FavelaVenceu, idealizado pelo diretor KondZilla, surgiu nesse intuito: dar uma força para os artistas que estão trabalhando na área musical e precisam de uma chance para mostrar o seu trabalho ao mundo. O primeiro artista escolhido para o projeto foi o MC Discolado da Favela da Prainha – Guarujá, cidade litorânea de São Paulo.

O projeto idealizado por Konrad Dantas, 28, o KondZilla, deseja ver cada vez mais artistas saindo da pobreza e sustentando sua família com a carreira na música. A história de Konrad surgiu no mesmo formato, em uma oportunidade de trabalho ele conseguiu construir sua história e está até hoje no mercado de audiovisual. Então, porque não proporcionar esta mesma oportunidade para outros MCs?

Matheus José dos Santos, conhecido como MC Discolado na favela da Prainha, localizado no distrito de Vicente de Carvalho, ganhou um videoclipe para a música “Sou muito novo”. O MC está com 19 anos e há cinco anos perdeu sua mãe, Sandra. Na época, ele estava morando com a mãe e o irmão, e depois da morte da mãe, teve que sair de casa e começar a trabalhar.

img_0078-2

A morte abalou muito o garoto de 15 anos, que nunca conheceu o pai. Sem saber o que fazer, o jovem ficou perdido no mundo por anos, abandonou a escola e estava sem um trabalho na época.


Outra música do MC Discolado, que criou para o amigo barbeiro Daniel

A música foi o caminho que Discolado escolheu para se apegar. Após conhecer Elizabeth aos 17 anos, juntou forças para superar o trauma da morte da mãe e engatou um namoro com a garota. Matheus conseguiu superar os problemas da vida escrevendo suas músicas. “Sou muito novo” surgiu em uma das brigas com a sua esposa, ele conta: “ Eu tava casado na época, com a mãe da minha filha. Ai a gente discutiu, e falei ‘caramba, não acredito’. Tava cheio de raiva, e toda vez que eu to bravo, nervoso, eu desconto na música”.

Após o lançamento, a música caiu no gosto da Prainha. A comunidade é muito pobre, em algumas das ruas falta asfalto, energia elétrica e até saneamento básico. Mesmo assim, isso não foi problema para a galera cantar e se divertir com a música de Matheus.

Perto da torre de energia, garotos descalços e vestindo apenas uma bermuda acompanhavam a gravação do vídeo com olhos que vibravam de esperança. Estava estampado no rosto dos meninos que se tornar MC é um caminho para tirá-los daquela situação. E enquanto o Discolado cantava, os garotos entorpecidos pelo sonhos, ficavam sem reação aos pedidos de agitação do diretor.

O sonho de melhorar de vida como MC está presente na maioria das mentes dos jovens das comunidades do Brasil. O cantor MC Jordan, 21, saiu de Bertioga a procura dessa oportunidade. Sem trabalho e com a avó doente, o sonho do garoto é alcançar o sucesso para dar a alegria à avó de vê-lo na telinha antes de partir. “Eu queria que ela antes de ir, visse pelo menos o neto dela na telinha, aparecendo aquela letrinha do KondZilla, e ela ver que a gente ta atrás, que o funk, pode sim, revolucionar a vida da nossa família”, conta.

Jordan Rodrigues não foi o escolhido dessa vez, mas ele não desistiu. Voltou para casa esperançoso de ser o próximo escolhido e confiante de que a caminhada continua. “É difícil né, tu precisa investir, tu precisa gravar um som bacana, tu precisar gravar um clipe bacana, pra tu poder ter um trampo bacana na praça. É difícil, mas eu tô ai”, fala ao se despedir da equipe e rumar de volta para Bertioga.

img_9911-2

Pai da Heloysa, que completou 1 ano no dia da gravação, Matheus atualmente não tem casa para morar. Antes do ano novo, se separou da Elizabeth, mãe da sua filha, e está morando de favor na casa de um amigo. Quando o MC recebeu a notícia do videoclipe, ele desacreditou que Deus havia ouvido seus pedido. “ Graças a Deus, agora ele me abençoou com esse vídeo. Desde o dia 1º de janeiro eu to pedindo pra ele ‘Oh meu Deus, me ajuda nesse ano de 2017”, conta.

MC Discolado pediu ao amigo barbeiro Daniel para fazer esse corte de cabelo descolado e agora leva a KondZilla na cabeça. Seu pedido foi atendido, com muita fé e determinação, o MC acredita que agora sua vida pode melhorar. Ele ficou muito agradecido pela oportunidade. “Só a divulgação mesmo do Kond, já ta ótimo. Porque o nome dele já vai me ajudar muito” explica o MC emocionado com o dia de gravações.

O KondZilla já ajudou, agora é com o MC Discolado.

MC Discolado veste várias peças da KondZilla Wear. Confira mais na nossa loja.

Edit: Confira o videoclipe lançando no dia 01/04/2017

Comentários