A nova do MC MM, “Mandelinha” conta com participação do NGKS

Making Of 3 semanas atrás

*Todas as fotos por: Felipe Max // Portal KondZilla

Curtir um mandelinha de quebrinha é pedida certa. Em São Paulo, o que não falta são opções de um bom mandela – inclusive, já mostramos um deles aqui. Falando nisso, um som que é presença certa nos paredões de som são as músicas do Moleque Monstro, ou melhor, nosso conhecido MC MM. Direto da Zona Norte, o MC tem o espírito do público do funk, e já soltou trabalhos nessa pegada, como: “Social, Narga e Piscina“, “Agora é Patrão” e “Mercenária Pé de Barro“. O mais novo trabalho, “Mandelinha“, retrata um pouco dessa festa que acontece nas ruas. Agora, o Portal KondZilla te mostra como foram as gravações – que contou até com a participação do grupo NGKS.

Com um cenário de quebrada, o videoclipe é bem a cara do “Moleque Monstro”, que tem no currículo outros hits que conquistaram a galera do funk. “Não foi moleza chegar onde eu estou hoje. No começo, muitas vezes eu cantei de graça, não pagavam nem uma água ou uma condução”, disse o cantor, em entrevista anterior ao Portal KondZilla, mostrando o quanto teve que ralar pra conquistar o sucesso de hoje em dia.

mm1

O videoclipe foi gravado no extremo leste de São Paulo, mais precisamente na região de Ermelino Matarazzo, com um sol a pino que castigou os desavisados. Além da “participação especial” do astro rei, também tivemos a presença da galera do grupo de dançarinos NGKS e o MC Brankin – autor dos sucessos “Sem Compromisso” e “Eu Tô Boladão“.

“Dançar é o que deixa a gente feliz. Tem gente que nem entende o sorriso no nosso rosto quando mandamos um passinho, mas é porque amamos o que fazemos”, explica Guilherme Cavalcante, um dos integrantes do grupo. “Dançar é nossa maneira de nos expressar”.

mm4

É esse o espírito, de alegria e diversão, que Mandelinha tem – tanto no vídeo como na música. Com a direção de Thiago Fernandes, o Tico, o trabalho mistura a dança de rua com cenários naturais da quebrada: o campão e  as vielas. Pedida certa para representar um som típico do “Mandela”.

giphy-20

Se você ainda não ta sabendo, o passinho do funk paulistano passa por uma adaptação. Antes, o passinho do romano era o que definia as danças da capital, agora, o passinho dos malokas começa a tomar lugar – ou melhor, garantir o seu espaço. E ninguém melhor que o bonde NGKS para representar essa mudança.

A estileira do grupo representa o jovem da periferia, atento as redes sociais e novidades globais. O videoclipe que o grupo lançou na internet já passou um milhão de visualizações. Agora imagina a parceria do Moleque Monstro com esse bonde pesadão?

mm2

E parece que o público gostou do resultado. O mais novo trabalho do MC MM já bateu a marca de um milhão de visualizações em dois dias no Canal KondZilla. “Mandelinha” é o mais novo som das quebradas! #ficadica

Acompanhe o trabalho desse time de peso nas redes sociais:
MC MM – Facebook // Instagram
MC Brankim – Facebook // Instagram
NGKS – Facebook // Instagram

Leia também:
Conheça a história do MC MM, o verdadeiro ‘Moleque Monstro’

Conheça o ‘passinho dos maloka’ com o NGKS

As danças que marcaram o movimento funk

Comentários