O DJ Yuri Martins deu uma atenção para KondZilla

Matérias 1 semana atrás

É difícil falar sobre o momento atual do funk putaria sem mencionar o nome Yuri Martins. Com 22 anos, o DJ e produtor musical carioca, que vive em São Paulo há cerca de 5 anos, é conhecido como o ‘Mão de Ouro’ dessa vertente e ficou famoso por ‘não dar atenção’ ao MC Don Juan. Inclusive, a brincadeira rendeu outra música em menção a essa alcunha. Mas, diferente do que dizem por aí, Yuri deu uma atenção para o Portal KondZilla e falou sobre o sucesso como produtor de diversos hits do funk, as familiaridades do funk de São Paulo e do funk do Rio de Janeiro, entre outros assuntos.

Nascido em Salvador, Yuri Martins se mudou para São Gonçalo, no Rio de Janeiro, quando tinha 3 anos e, ainda na infância, conheceu o funk graças ao pai que escutava muito Claudinho e Buchecha.

Em meados de 2004, ainda garoto e sem saber o que fazer da vida, o DJ conheceu o BPM Studio Pro, um programa utilizado pelos produtores cariocas para produzir funk. Foi amor à primeira vista e o produtor se apaixonou por esse mundo musical.

Sem o apoio dos produtores da época, Yuri passou um tempão pedindo ajuda e nem chegou a ter retorno para suas mensagens. ”Nessa época era bem difícil, eu não ganhava atenção. Mas acho que serviu como uma provação de Deus comigo, sabe? Pois se naquele tempo eu tivesse desistido, hoje não estaria onde estou”, conta o produtor.

Decidiu, então, seguir em frente sozinho. Depois das primeiras produções e apresentações com alguns MCs do Rio, ele conheceu os MCs BW, estourados na época com a música ‘Eu Duvido’. O trabalho em conjunto rendeu a música ‘360’, o primeiro sucesso em que o produtor meteu a mão, já na pegada da putaria.

“Eu tinha um sonho de tocar MPC, e foi graças aos BW que eu pude realizar esse sonho. E eu aprendi tudo sozinho, ninguém me dava atenção naquela época [risos]”, reforça Yuri. O ímpeto do produtor em seguir em frente, poderia ter sido um problema. Assumiu uma MPC sem nunca ter mexido nela antes, correndo um risco que valeu a pena. “Uma noite antes do meu primeiro show como DJ dos MCs BW, eu fiquei a madrugada inteira mexendo na MPC, aprendendo como aquilo funcionava. Depois de muita insistência, eu aprendi”.

Como DJ dos MCs BW e produzindo músicas para outros MCs, Yuri ficou entre indas e vindas do Rio de Janeiro para São Paulo. Até que em 2014, ele recebeu um convite para fazer parte da produtora Funk de Elite, com sede fixa na capital paulista.

Ao chegar em São Paulo, o DJ afirma que não quis se arriscar em outras vertentes, se mantendo fiel a escola que o consagrou: a putaria. “Na época em que cheguei em São Paulo, o funk ostentação era estourado. Eu, vindo do Rio de Janeiro, tinha uma pegada mais para putaria e decidi que eu seria diferente, fazendo algo que eu já entendia bem”.

Mas o destino, as vezes, nos surpreende. Seu grande hit na cidade paulistana foi ‘Tá Tranquilo, Tá Favorável’, do MC Bin Laden, uma mistura entre os ritmos do Rio e São Paulo, e que de putaria não tem nada. Aliás, nem era para ele ter produzido essa música. “O Bin Laden produzia as musicas dele com o DJ Ferrugem. Essa música [Tá Tranquilo, Tá Favorável] já tinha passado pelas mãos do DJ R7 e do DJ Perera, mas não rolou”.

Enquanto o colega de casa trabalhava na música, Yuri ouviu a voz e teve uma ideia. “O Ferrugem estava com a voz dessa música e me chamou um dia para acompanhar a produção. Eu ouvi a música e arrisquei de pedir para ele deixar eu produzir. Ele deixou e fiquei uma madrugada inteira nessa música, fiz umas sete versões, mudei algumas coisas e deu no que deu. Sucesso mundial (risos)”.

De origem carioca – mais precisamente com raízes da Baixada Fluminense -, Yuri não acredita em uma rivalidade entre funkeiros do Rio de Janeiro e de São Paulo, mas acha saudável as diferenças entre os ritmos de cada estado.

O DJ também acredita que São Paulo está a um passo a frente do Rio de Janeiro, devido ao profissionalismo dos envolvidos com o funk. Para ele, hoje, a capital paulista é o principal polo de funk no Brasil. Atualmente, Yuri faz parte da equipe da Start Music.

“O circuito de São Paulo está bem mais profissional do que o Rio, e isso não é uma crítica. São Paulo cansou de ver só o pessoal do Rio de Janeiro fazendo funk, porque há tempos atrás só os MCs do Rio faziam show em São Paulo, as produtoras cariocas que mandavam. Foi então que o pessoal daqui decidiu criar seu estilo e as produtoras cresceram, se profissionalizaram. Mas isso não quer dizer que no Rio não tenha gente boa, fazendo um trabalho daora”.

Sobre a putaria, sua especialidade, Yuri diz que as produções não têm uma fórmula de sucesso e ele acredita que o funk não precisa, necessariamente, de palavrões para estourar. Pelo contrário. “Eu procuro falar com o MC que não precisa encher a música de palavrão para ele estourar. Mesmo não sendo minha área, dou algumas dicas [para as composições], falo para evitar deixar algo muito escrachado”.

E olha que o cardápio de hits do ‘mão de ouro’ é grande, e entre os mais recentes estão: ‘MC João – Vem Cá Mozão‘, ‘MC Zaac – Te Juropinga‘, ‘MC TH – Apaga a Luz e Toma’, ‘MC Don Juan – Oh Novinha’ e ‘MC Kekel – Eu Acordei Meio Sem Jeito’, entre outros.

E para você, moleque novo que sonha em ser MC e fazer uma música com um produtor foda, se liga nessa dica do Yuri Martins.

“Hoje em dia, existem muitos artistas que esperam tudo da produtora, mas as coisas não caem do céu. Você tem que correr atrás, tem que ter força de vontade. Lembro que pedia ajuda para os DJs e produtores me ensinarem, e não recebia atenção. Logo eu, pô! (risos). Mas não perdi a fé, e hoje estou na pista, Graças a Deus. Então, para resumir, a lição que eu passo é essa, ter força de vontade sempre”.

Ah, e você deve estar se perguntando: de onde veio a história de que o Yuri não dá atenção? O próprio Yuri explica:

“Pô, isso é uma história real! O Don Juan veio gravar comigo e eu gosto de deixar o cara bem a vontade. Eu deixei ele gravando e fui até uma sala que fica ao lado do estúdio, onde tem umas bebidas. Fiquei lá bebendo e ele me chamando, pedindo água, pedindo atenção, reclamando mesmo. Mas o Don Juan é assim, ele funciona se deixar ele sozinho, a vontade. E acabou dando certo, esse negócio pegou e eu levo de boa (risos)”.

Então, ao final dessa conversa, você já deve ter percebido que o Yuri Martins dá atenção sim. Portanto, galera, parem de chamar o cara no Instagram. #ficadica

O Yuri Martins veste o CapZilla Símbolos. Adquira já o seu também na nossa loja!

Encontre o Yuri Martins nas Redes Sociais: Facebook // SoundCloud // Instagram

Tags: #favelavenceu / 10 milhões / 150 bpm / 150bpm / 2008 / 2012 / 2014 / 2016 / 2017 / 2N / 90 dias / agora é patrão / álbum / amigos / amor / análise / Anderson Lourenço / atenção / backdi e biog3 / baile de favela / baile funk / baixada santista / barbearia / Bastidores / boiler room / bom de corte / cabelo / capzilla / carreira / chavoso / compositor / conexões / corte / dança / dani russo / diplo / dj / dj byano / Dj Dennis / dj jorgin / dj polyvox / dj rennan da penha / documentário / entrevista / estilo / ex / família / favela / favela on blast / favela venceu / festa / fluxo / fluxo de rua / foto / funk / funk carioca / funk de são paulo / funk ostentação / guarujá / guianases / Ielzo Soriano / internet / jorginho deejhay / juliet / kaique alves / kevinho / kondzilla / kondzilla records / kondzilla wear / leandro hbl / lifestyle / lista / loja / marca / materia-destaque / MC / mc bin laden / mc daleste / mc davi / mc discolado / mc don juan / mc guimê / mc hollywood / mc kekel / mc kevinho / mc lan / mc maneirinho / mc marcinho / mc menor do chapa / mc mm / mc samuka e nego / mc tchesko / mini-doc / moda / moleque monstro / mr.catra / música / musica-destaque / músicas / na farra / namorada / no fluxo / o grave bater / oakley / óculos de sol / óculos funk / open the tcheka / ostentação / passinho / pedro gomes / periferia / pica-pau / placa diamante / polyvox / portal / prainha / produção / produtor / produtora / professor / putaria / putaria acelerada / quebrada / redbull / rio de janeiro / ritmo louco / robru / roupa / São Paulo / sarrada / sarrada no ar / separação / social narga e piscina / sou muito novo / streaming / tati zaqui / término / trajetória / vídeo / videoclipe / voz / websérie / wesley pentz / x metal / xanaina / youtube / yuri martins / zona leste / zona norte /
Autor:
Guilherme Lucio da Rocha

Comentários