O MC Menor MR representa o som de maloka

Matérias 3 semanas atrás

Todas as fotos por: Felipe Max // Portal KondZilla

A cada dia que passa, aparecem mais e mais talentos no mundo do funk. Um dos mais falados nos últimos tempos é o MC Menor MR, um cantor autêntico e que faz questão de representar e lembrar suas origens. Nesta sexta-feira (6), às 18h, o artista terá seu primeiro videoclipe lançado no Canal KondZilla com a música “Capital das Notas”. Se liga no papo que vamos te contar um pouco da trajetória do cantor até aqui, saca só.

_mg_8380

Nascido e criado na periferia de Osasco, cidade metropolitana da região Grande São Paulo, Hualter Silva Santos, 20, carrega o funk na veia. Há cerca de dois anos na pista, o talento se destacou por conta dos vídeos rimando na hora com algum parceiro fazendo o beat na palma da mão que permeia o Youtube. Muitos dos seus sucessos como “Vida Loka Também Ama“, “Sonho de um Favelado” e “Passando Mais um Relato“, estouraram graças a vídeos gravados de forma amadora, mas feito de coração. Menor MR, sempre prezou pelo conteúdo das letras e rimas, ao invés das super produções.

“Tudo começou em 2014, mais como uma brincadeira de escola, fazendo umas rimas para brincar”, conta o MC de forma saudosa. “Depois que decidi que era isso que queria para minha vida, comecei a gravar uns vídeos e jogar na internet, e foi assim que estourei. Foi graças a essas prévias que eu fiz meu nome”.

Pelas quebradas do estado de São Paulo, o nome do Menor MR é sempre reconhecido. Um dos principais motivos dessa adoração é a sua autenticidade e sua forma de representar a favela. O cantor carrega no seu nome artístico o nome da sua quebrada de origem – a Favela do Murão – e tem um estilo único, que mantém vivo o espírito de esperança de muito moleque de periferia que sonha em conquistar um lugar ao sol com o sucesso.

_mg_8326

O cantor revelação de Osasco deixa claro que o som dele é o som de maloka. Aliás, esse movimento está em alta no funk de São Paulo. MCs como MC PP da VS, MC Ruzika, MC Magal e outros, levantam essa bandeira nas suas letras, sempre retratando o cotidiano na quebrada e os dilemas de quem vive nela. Porém, ele promete não ficar só na mesma batida.

“Eu faço som de maloka, mas não vou só falar de uma coisa. Quero falar de tudo: consciente, ostentação, romântico. Vou mandar o papo que 2018 vai ser o meu ano, é soco na testa, só pedrada mesmo. Tenho mais de 40 músicas para soltar e meu público pode ter certeza que vai ser tudo feito de coração”.

_mg_7572

Confiança é algo primordial pra quem veio de uma situação complicada. O MC Menor MR representa o sonho de muitos jovens de periferia e, mesmo com a pouca idade, mostra maturidade e um amor pela favela que carrega no nome.

Acompanhe o trabalho do MC Menor MR pelas redes sociais:
Facebook // Instagram

Comentários