Os ‘Caçadores de Zica’ estão de volta! A dupla Danilo e Fabinho celebra retorno com show em Santos

Matérias 2 semanas atrás

*Fotos por: Murilo Amancio // Portal KondZilla

Muitas pessoas ajudaram a escrever a história do funk em São Paulo, que teve início na Baixada Santista no final dos anos 90 e subiu para capital como funk ostentação só no início de 2010. Durante esse período, os diversos personagens, como a dupla Danilo e Fabinho, fizeram o seu nome e ajudaram a escrever parte dessa caminhada. Os “Caçadores de zica”, como são conhecidos, são responsáveis pelas músicas: “Sempre te Ter” (1999), “Eu Sei Que Vou” (20002) e “Pelo Amor de Jorge” (2004), e celebram o retorno da dupla com um show no dia 20 de maio e um turnê em MG. O Portal KondZilla aproveitou a gravação do medley deles para conhecer mais dessa história.

Danilo Leão Laureano, 38, e Fábio Alves dos Santos, 35, começaram a cantar em 1997, numa época onde o funk engatinhava e, falando de São Paulo, só era conhecido em terras litorâneas. A época, diversos artistas do Rio de Janeiro, como MC Frank e MC Menor do Chapa, reverenciavam nomes da Baixada Santista, tais como MC Primo, MC Barriga, entre outros da época. Esse é um exemplo da importância da Baixada Santista para o cenário do funk.

5

No início dos anos 2000, o funk começou a se tornar o ritmo da Baixada Santista e já fazia frente com o Rio de Janeiro, com um intercâmbio de shows e artistas. A principal característica dessa época era o funk consciente, que podemos dizer que se assemelha muito ao rap – música que dominava as periferias paulistanas.

“Quando começamos a cantar, era para levar uma mensagem de paz, falar sobre as comunidades. Nossas inspirações eram os MCs do Rio de Janeiro e conseguimos fazer nosso nome. Hoje, muitos MCs da atualidade ainda nos têm como referência”, explica Danilo, ao mencionar o seu encontro com o MC João.


Danilo e Fabinho, ao vivo, em Minas Gerais

E um bom exemplo da grandeza do funk eram os bailes da época. Em 2003, a dupla chegou a receber uma placa (!) de um dos principais clubes do litoral paulista, a Associação Atlética dos Portuários, em Santos, por bater o recorde de público da casa. O destaque disso é que o local já recebeu shows dos principais nomes da música brasileira e dos mais variados ritmos, como Roberto Carlos, Zeca Pagodinho, Charlie Brown Jr., entre outros.

A Dupla retorna com a sonoridade da baixada. Um medley será lançado na quinta-feira (18), para lembrar os sucesso dos 20 anos de carreira. Só que a dupla não vive só de memórias. Eles estão de olho no que acontece atualmente e se dizem felizes com o crescimento do ritmo, a profissionalização do movimento e o que a cultura adotou para si. No entanto, explicam que não vão mudar o estilo consciente que marcou a dupla.

“Creio que é possível voltarmos aos tempos de ouro (risos). Tem um pessoal da Baixada Santista que está voltando, e aquele funk marcou época. Nós sabemos que muita coisa mudou, o funk está mais profissional e com uma pegada diferente, mas não vamos mudar nossa raiz também”, explica Fabinho.

Após um tempo em baixa, a dupla decidiu se separar em 2012. Muitos foram os motivos: a série de assassinatos que resultou na morte de quatro MCs da Baixada Santista, o crescimento do funk ostentação na capital, a idade, entre outras coisas.

4

Porém, ambos seguiram a carreira solo, com os nomes artísticos de Danilo Boladão e Fabinho do BNH. Os dois lançaram músicas (MC Fabinho BNH – Nóis Ta Na Pista e MC Danilo Boladão – Fiz Pra Você Mulher), mas agora decidiram se reunir por conta dos pedidos do público – teve até um pedido especial do KondZilla.

“Muita gente falava pra gente voltar, dar um último abraço, ter a chance de estar presente em um show. Até o próprio Kond falou com a gente, disse que gostava do nosso trabalho”, explicou Danilo

E se você acha que essa volta ficará resumida a apenas esse show, está enganado. A dupla já revelou que tem trabalho novo na pista e terá show em Minas Gerais, terra onde Danilo e Fabinho ‘são reis’.


Torcida ‘Galoucura’ cantando “Sempre te Ter – Parte II”

“Depois do show do dia 20, em Santos, faremos uma turnê por Minas Gerais, onde temos um público bem fiel. Inclusive, uma das nossas músicas de maior sucesso foi adotada como hino da maior torcida organizada do Atlético-MG, a ‘Galoucura‘. Isso é muito gratificante”, diz Danilo

Pra finalizar esse papo com a dupla, pedimos para eles listarem algumas músicas para o público que não viveu o movimento da baixada. Algo como, uma introdução ao assunto, afinal, eles tem 20 anos de carreira. E a curtiu a ideia, e separou o seguinte.

Começando por “Pelo Amor de Jorge“, em seguida a música “Sempre te Ter“, sucesso que ganhou uma segunda versão “Sempre te Ter II“. Um dos marcos do funk da baixada eram as letras conscientes e “Conquista e Dignidade” e “Eu Sei que Vou” representam bem esse estilo. Fechando com ritmo tem a “Tô Bolado“. Um belo presente da dupla para os fãs.

8

O show de retorno acontece no dia 20 em Santos, no Terminal Concais. Você pode conferir mais informações da festa neste link. Aproveite para assistir o medley da dupla que sai amanhã, 18/05, no Canal KondZilla.

Encontre a dupla nas redes sociais: Facebook // Instagram Danilo e Instagram Fabinho .

Confira o medley da dupla

 

E você, lembrou de mais algum sucesso da dupla? Conta pra gente nos comentários!

Comentários