Platorma de música, negócios e tecnologia, o Women’s Music Event acontece nesta semana

Matérias 14/03/2018

O Womens Music Event é, basicamente, um evento focado em aumentar o protagonismo da mulher no mundo da música por meio de debates, workshops e shows. Muito além de um evento, o WME nasceu como um portal de notícias relacionadas a mulheres na música e a ideia deu tão certo que as organizadoras Claudia Assef e Monique Dardenne (duas mulheres envolvidas com música até o pescoço) resolveram transformar o projeto em um evento que, por sinal, segue na segunda edição. O Portal KondZilla conversou com uma das organizadoras que deu mais detalhes sobre a ideia do WME, se liga:

04-arte-wme-site-logo-1160x340

Como você pode ver na foto acima, o evento acontece nos dias 16, 17 e 18, das 13h às 20h, no Centro Cultural de São Paulo, próximo ao metrô Vergueiro. Conta com painéis de debate (com grandes nomes envolvidos na música como: Karol Conká e Eliane Dias), workshops e shows que acontecem depois das 19:00h. Neste ano, a madrinha do evento será a cantora Pitty – que terá um painel voltado só pra ela, contando fatos da sua carreira e vida. Os dois primeiros dias são focados em conteúdos e debate, e no dia 18, dominguera, acontecerá uma grande festa de encerramento, com shows de Karol Conka, Drik Barbosa e Mariana Mello, na House Of All (R. Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 47 – Pinheiros, SP), às 15:00h e de graça!

Para sacar mais desse evento, conversei com Claudia Assef, jornalista, DJ e escritora, e uma das idealizadoras do projeto, juntamente com a Monique Dardenne, produtora cultural e advogada. As duas, entenderam que algo precisava ser feito para aumentar o protagonismo feminino no mundo da música e para acelerar o processo de relevância da cena feminina na música brasileira. Foi por isso que conversamos com a Claudia, precisávamos entender mais sobre todo esse rolê do evento e o corre que fizeram para trazer para o mundo offline os debates que já aconteciam na plataforma digital:

about-img-1
* Claudia Assef, Fátima Pissara (Vevo) e Monique Dardenne // Foto: Reprodução

Portal KondZilla: Como surgiu a ideia do Portal WME?
Claudia Assef- A ideia do portal WME surgiu quando pensamos em fazer a plataforma que visasse aumentar a participação da mulher na indústria da música, em todos os âmbitos, desde as artistas até as mulheres que trabalham na equipe técnica. Logo de cara pensamos que seria uma ótima oportunidade, além de fazer eventos, também termos um veículo para criar um local em que possamos trabalhar a ideia de que a mulher não é só artista na indústria da música. A mulher pode trabalhar em qualquer profissão ligada à esse universo.

Então, no portal, falamos das possibilidades da mulher atuar como técnica, CEO, manager, são muitas profissões nesse ambiente. Neste portal, por exemplo, temos um cadastro de profissionais que as mulheres podem colocar seus currículos, com a intenção de que seja uma espécie de linkedin da música, voltado apenas para mulheres.

KDZ: Como aconteceu do portal virar um evento?
Claudia: Na verdade, o portal já nasceu com o intuito de ser um evento, uma conferência, ou seja, um evento mesmo, físico. Mas começamos com o portal porque acreditávamos que para lançar o conceito, o nome, e para entenderem o que queríamos transmitir com essa plataforma, precisávamos de um local, com conteúdos que fossem capazes de transmitir nosso conceito de fomentar a situação da mulher no mercado da música.

KDZ: Como você vê a atual situação da mulher no mundo da música?
Claudia: Melhorou a visibilidade, nós sentimos que hoje o assunto é muito mais corriqueiro no dia a dia do universo da música. Falar sobre a mulher atuando em outras frentes, não apenas como cantora – papel que estamos acostumadas a ver muito. Mas também já se fala bastante de mulheres na técnica ou papel da mulher como manager, CEO e etc.

KDZ: Você e a Monique estão há bastante tempo trabalhando no mercado da música, o que você diria pra quem ainda está começando no ramo?
Claudia: Eu e a Monique trabalhamos há muito tempo no mercado da música, desde que eu me formei como jornalista, estou nesse mercado. A Monique também já passou por vários papéis dentro desse mercado, já trabalhou como booker, como manager…. Por esse motivo, é tão verdadeiro essa vontade de criar esse mecanismo de inclusão da mulher, porque a gente sempre se sentiu muito excluída desse mercado, sempre foi muito difícil atuar e ser atuante e ter uma relevância, porque sempre teve muitos obstáculos e justamente pelo fato da gente ser mulher.

Então o que eu diria pra quem está começando é assim: se você quer se inserir mesmo no mercado tenha seriedade, você tem que saber o que você quer fazer, você tem que saber se você quer estar naquele ambiente, porque as dificuldades vão ser muitas, principalmente pelo fato de sermos mulheres. Estamos num mercado super machista, apesar dele estar melhorando, ainda tem um longo caminho pela frente. Você vai precisar ser mais séria que os outros, do que os seus colegas homens, infelizmente essa é a verdade.

Você pode comprar os ingressos na porta, ou através do Sympla. Separamos a programação pra você acompanhar e se programar:

16/03- Sexta-feira

#Sala Adoniran Barbosa:
12H30 – 13H30 > Hashtag Publi : Os limites do casamento entre marcas, eventos e influenciadores (Painel)
13H30 – 14H30 > MOTOROLA Apresenta : Você é o dono do mundo, não o smartphone (Painel)
14H30 – 15H30 > Rap: como um movimento que nasceu do gueto se consolidou como uma das maiores forcas da música pop (Painel)
15H30 – 16H30 > A magia (e o sofrimento) por trás do nascimento de um álbum. Afinal por que insistir no formato? (Painel)
16H30 – 18h00 > Q&A – PITTY (Painel)
18H00 – 18h30 > Networking by TNT Energy Drink no lounge
18h30 – 19h30 > Atração Surpresa (Gratuito – Show)
20h00 – 21h00 > Far From Alaska (Gratuito – Show)

#Sala de Ensaio I:
14h00 – 15h00 > Beat Making (Workshop)
15h00 – 16h00 > Discotecagem (Workshop)
16h00 – 17h00 > Gestão de Carreira (Workshop)
18h00 – 19h00 > Segurança Digital para Mulheres (Workshop)

#Sala de Ensaio II:
18h00 – 19h00 > Diga-me quem você segue e eu te direi o que você ouve: a importância da curadoria musical no mercado das plataformas digitais (Painel)

DIA 17/03 – Sábado

#Sala Adoniran Barbosa:
15H00 – 16H00 > Direito Autoral: Como determinar a autoria de uma música? Compositoras, letristas, quem deve receber pelos diretos de uma canção? (Painel)
16H00 – 17H00 > Audiovisual: Clipe, VJing e iluminação como ferramenta fundamental para divulgação da música (Painel)
17H00 – 18H00 > Branding: Os segredos por trás da construção de imagem e styling dos artistas (Painel)
18h00 – 18h30 > Networking by TNT Energy Drink no Lounge WME
18H30 – 19H30 > Luiza Lian (Gratuito – Show)
20H00 – 21H00 > Flora Matos (Gratuito – Show)

#Sala de Ensaio I:
14h30 – 15h30 > Formação de Rede: como plataformas de música voltadas para mulheres podem acelerar o protagonismo feminino no mercado (Painel)
15h30 – 16h30 > SKOL Apresenta: A Lei do Retorno “Como o investimento privado e os esforços de marketing de uma marca podem influenciar positivamente a cena cultural de uma cidade (Painel)
16h30 – 17h30 > A equipe técnica pode ser a alma do seu show/festival (Painel)
17h30 – 18h30 > Influenciadores: quem é você na fila dos likes (Painel)

#Sala de Ensaio II:
14h30 – 15h30 > Aprenda a Cantar Encontrando a Sua Própria Voz (Workshop)
15h30 – 16h30 > UBC Apresenta: Como potencializar os ganhos com sua música? (Workshop)
16h30 – 17h30 > Stage Management (Workshop)
17h30 – 18h30> Editais e Leis de Incentivo, por onde eu começo? (Workshop)

Comentários