Pode apostar: “Remexendo” vai ficar na sua mente

Making Of 30/05/2018

*Todas as fotos por: Léo Caldas // Portal KondZilla

Se você curte um reggaeton, mas não quer deixar as raízes brasileiras de lado, temos uma ótima opção a caminho: “Remexendo”, é nova música de trabalho do MC Gustta junto do Lucas Lucco. O videoclipe será lançado no Canal KondZilla nesta sexta-feira, 1 de julho, às 18h, e conta com a participação ilustre da atleta paralímpica de natação, Camille Rodrigues. O Portal KondZilla colou nas gravações, trocou uma ideia com os envolvidos pra te contar como foi essa fita. Saca só:

luccoegustta3

Cria do sertanejo, Lucas Lucco já tem um histórico no funk, digamos assim. O cantor mineiro trabalhou com MC G15, MC Kekel, MC Lan, entre outros MCs. Seus trabalhos não são exclusivos com o mundo do funk, pois ele também tem trampos com Pablo Vittar, Hungria Hip-Hop, Pollo, Xande Aviões, entre outros artistas. Em “Remexendo”, o público pode esperar mais uma novidade.

“Essa música estava prevista pra tá no repertório do meu DVD acústico”, explica Lucco. “Só que eu sempre imaginava essa música como um reggaeton mais produzido, mais encorpada. Foi daí que tive a ideia de misturar ela com o funk do MC Gustta, que tem um trampo totalmente incrível, com produções diferenciadas”.

luccoegustta4

Talvez alguns não saibam, mas o MC Gustta, também atua como produtor musical e cantor de mão cheia (essa parte vocês já sabiam), com sucessos que estralam nos fluxos, como “Eita Buh” (29 milhões de visualizações), “Abusadamente” (177 milhões de visualizações) e “Bunda Maluca” (11 milhões de visualizações). Vivendo um bom momento, Gustta se diz feliz em poder trabalhar com o Lucas Lucco num projeto diferenciado e sem perder a sua essência e suas origens, deixando o funk em evidência.

“[Remexendo] é uma música com uma pegada latina, uma produção com características da gringa, mas que ao mesmo tempo, tem o funk ali, mostrando aquela parada brasileira, bem nacional”, explica o cantor animado com as gravações. “Acho que esse é o diferencial desse trabalho”.

luccoegustta5
MC Gustta e Camille Rodrigues

Gravado no tradicional restaurante “O Velhão“, em Mairiporã, o videoclipe conta com a direção de Kaique Alves e leva no vídeo aspectos latinos, incluindo a iluminação quente, a arte caliente e o visual puxado pro tropical dos envolvidos. Quem está no clipe e, digamos, quase roubou a cena, é a atleta paralímpica de natação e modelo Camille Rodrigues. Muito feliz em fazer parte do projeto, ela conta que esse trabalho é especial para sua carreira.

“O convite para esse trabalho partiu do Lucas Lucco e eu fiquei muito feliz em poder participar. Sou apaixonada por música e por dança, então posso dizer que estou realizando um sonho com esse trabalho. Além disso, posso também levantar a questão dos deficientes físicos e da representatividade, o que é bastante importante”, diz a atleta, que trouxe a medalha de ouro nos 400m livre, 100m costas e 100m livre, e bronze nos 50m livre nos Jogos Parapan Americanos de Toronto, no Canadá, em 2015.

luccoegustta1
Camille Rodrigues, durante as gravações

É interessante observar como um movimento que há pouco tempo era discriminado, recebe hoje atenção e colaboração de diversas pessoas de fora da cena. Mais do que isso, apresenta uma faceta conhecida pelos funkeiros, mas distinta do grande público: no funk existe uma diversidade imensa de talentos e aceitação de todos, independente do gênero, movimento musical ou social. O funk é uma música de todos e para todos .

Acompanhe os artistas pelas redes sociais:
MC Gustta: Facebook // Instagram
Lucas Lucco: Facebook // Instagram
Camille Rodrigues: Facebook // Instagram

Leia também:
Da TV as danças de rua, se divirta com 5 virais da música “Abusadamente”
Descubra a geração dos ‘MCs-produtores’

Comentários