Qual será o próximo passo do NGKS?

Juventude 19/06/2018

*Todas as fotos por: Léo Caldas // Portal KondZilla

Ano passado, trocamos uma ideia com o NGKS, um grupo de amigos que tinha viralizado na internet fazendo o passinho dos maloka – uma dança nova que começava a dominar as quebradas Brasil à dentro. Em pouco menos de um ano, os amigos se tornaram um grupo, ganharam um MC e passaram a rodar o Brasil fazendo shows. A mais nova realização, pode se dizer até que foi um sonho, pelos turma foi lançar seu primeiro videoclipe com a KondZilla. O Portal KondZilla conversou com os integrantes do grupo para saber qual a sensação de lançar um videoclipe com o maior canal de música do mundo.

O NGKS se “formou” no carnaval de 2017, como um bonde de mais de dez jovens que tinham em comum o gosto pela dança e pelos rolês. Com a grande repercussão dos vídeos, o bonde se formou em cinco e partiu para carreira artística, e sua primeira música lançada, “Menina Maluca“, foi muito bem recebida pelo público e abriu portas para parcerias como no caso do MC MM e do MC Kekel. Além disso, o grupo também lançou trabalhos solos, como “Embraza, Embrazadão“, “Beat Sacana” e “Vem Mulher“, que, somados, têm mais de 15 milhões de visualizações. A novidade pra essa rapaziada que anda vivendo o sonho de ser artista, é ter um videoclipe próprio no maior canal de música do país, a KondZilla, e também, fecharem contrato com a KondZilla Records.

Aproveitamos o conteúdo pra perguntar pra eles, como eles sentem esse momento de vida. Confira abaixo as respostas:

foto_cavalcante
Guilherme Cavalcante

“Eu nunca imaginei que um dia iria conquistar isso. Sempre gostei, mas não me imaginei trabalhando com dança. É muito gratificante e emocionante ver essa conquista. É tudo novo o que tô vivendo, é totalmente diferente da vida que eu pensava que ia ter. É muito bom. Eu quero só trabalhar, com muita fé em Deus e cair pro problema, porque esse ano é nosso”, conta Guilherme Cavalcante, de 19 anos e dançarino do grupo.

foto_oliveira
Guilherme Oliveira

“Minha sensação [de ver um videoclipe do NGKS no Canal KondZilla] foi diferente, não foi algo que esperava. Não imaginei que ia aparecer num canal que acompanho, sempre segui a KondZilla. Quando vi um clipe meu saindo no canal foi algo único. Quando vi a notificação no meu PC, eu fiquei sem reação”. Conta Guilherme Oliveira, de 19 anos, dançarino do grupo.

foto_tainan
Tainan Oliveira

“A sensação de ter lançado esse clipe na KondZilla foi algo diferente pra mim. Além de ser um canal de mó cota, que lançou vários MCs que eu admiro. É como se fosse um sonho, mas também é mérito nosso, porque ralamos muito pra isso. Quando me vi na tela, com o nome KondZilla aparecendo, me senti a pessoa mais zica do mundo!”. Conta Tainan, de 18 anos, dançarino do grupo.

foto_sorriso
Lucas Martins, o Sorriso

“Um videoclipe num canal igual a KondZilla, um dos maiores do mundo, é algo incrível. Quando eu era adolescente eu acompanhava. Ver minha música, minha voz nesse [canal], é uma conquista que jamais imaginei. Muitos sonham em conquistar, mas não conseguem, é uma caminhada difícil, mas nós conseguimos. É uma sensação muito boa”, diz Lucas Martins, o Sorriso, 21, cantor do grupo.

foto_alves
Lucas Alves

“É gratificante, sou um cara de quebrada, que sempre sonhou alto e tô podendo trabalhar com os caras que vi no canal. Vejo meu clipe no YouTube, no maior canal de música do mundo, é uma coisa de arrepiar. É algo muito gratificante mesmo”, diz Lucas Alves, 18 anos, dançarino do grupo.

Como você pode imaginar, a gravação do primeiro videoclipe do NGKS com a KondZilla foi uma verdadeira festa. E isso ficou registrado, se liga nas fotos e entenda melhor o quão foda foi essa conquista!

Acompanhe o NGKS pelas redes sociais
Facebook // Instagram

Leia também:
As danças que marcaram o movimento funk
Conheça o ‘passinho dos maloka’ com o NGKS
A série “Vida de Maloka” te conta sobre a 1ª turnê do NGKS

Comentários