SPCine abre edital para contar histórias de bairros paulistanos

Matérias 2 semanas atrás

Foto por: Divulgação // SPCine

Já pensou em retratar a história de uma bairro com todos os detalhes possíveis num vídeo? Essa é a proposta da SPCine, que abriu edital para produtores de vídeo criarem filmes sobre bairros de São Paulo. Não necessariamente você precisa contar a história do local que reside, afinal, podemos conhecer muito mais de outra região pelas histórias que ouvimos e também por frequentá-los, e é aí que mora a oportunidade. Se você ficou interessado nessa fita, o Portal KondZilla vai te dar todas as informações sobre esse edital.

Caso você ainda não tenha ouvido falar, vamos te explicar. A SPCine “é a empresa de cinema e audiovisual de São Paulo, uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo com foco no desenvolvimento dos setores de cinema, TV, games e novas mídias”, segundo definição da própria SPCine. Sendo uma ótima ajuda para produtores de audiovisual que buscam recursos ou ferramentas para exercerem seus trabalhos, essa ferramenta social também oferece cursos e oficinas (alguns gratuitos).

editalspcine3
Capão Redondo *Foto por: Fernando Costa // Portal KondZilla

O edital em questão patrocinará até 10 projetos – sendo eles originais e inéditos, ficção ou documentário – com o objetivo de fomentar trabalhos cuja temática fale das histórias e memórias dos diversos bairros paulistanos, sendo selecionado pelo menos um trabalho de cada região da cidade. Não é uma idéia tão inédita, mas enriquece a região e culturas locais. Nós, do Portal KondZilla, já retratamos essa ligação de personagem com a região nas histórias do MC 2K com o Helipa e do MC Neguinho do Kaxeta com a comunidade do Caxeta.

Para quem se interessar, serão duas fases: a primeira é da inscrição. O candidato terá que entregar, até o dia 6 de junho, às 18h, no site do SPCine, um videoprojeto de até três minutos com sua ideia e justificativa adequada a proposta do edital, incluindo a ficha de inscrição preenchida com os documentos necessários (RG, CPF, declaração de residência, comprovando que moradia na cidade de São Paulo há, pelo menos, dois anos) e também um currículo. Parece muito, mas o site é bem didático, não tem como esquecer nada.

Certo, feito isso, a SPCine vai analisar as propostas e depois que a documentação dos candidatos forem aprovadas, será feito um novo processo seletivo dos projetos onde serão selecionados até 50 projetos, levando em consideração os seguintes critérios: relevância do tema apresentado, destacando o seu potencial criativo e importância cultural, e justificativa do projeto frente ao tema, bem como a sua conexão com a história apresentada. A avaliação dos projetos será feita por uma comissão de cinco profissionais, estabelecida pela própria SPCine.

editalspcine2
*Todas as fotos por: Ryck Rodriguez // Portal KondZilla

Após essa peneira, os finalistas terão que preencher uma outra ficha específica para a segunda fase de inscrição e também apresentarão um proponente (pessoa jurídica, que não necessariamente precisa ter sede na cidade de São Paulo) que fará parte do contrato com a SPCine. É nesta segunda fase do processo seletivo que serão escolhidos os 10 projetos finais pela mesma comissão, que dessa vez observará: a qualidade artística do roteiro e/ou estratégia de abordagem, além da adequação e viabilidade de produção conforme orçamento.

No total, os projetos selecionados receberão, cada um deles, até R$50 mil. Como todo edital, esse valor precisará ser justificado via prestação de contas dos valores gastos de forma parcial e ao final do projeto terão até seis meses (depois do recebimento da primeira parcela) para conclusão do trabalho.

Em quais bairros de São Paulo você já morou? Quais histórias sobre ele ainda não foram contadas? O novo edital da Spcine financia a produção de curtas-metragens que explorem curiosidades, casos, personagens — entre outras abordagens — dos bairros paulistanos. Vale ficção e documentário. Serão premiados até 10 projetos com R$ 50 mil cada. Inscrições abertas! Acesse o nosso site e saiba mais (link na bio).

A post shared by Spcine (@spcine_) on

Então, se você se interessou e tem uma ideia daora que se encaixa nesses quesitos, fique atento com as inscrições que devem ser feitas pela internet até o dia 6 de junho, às 18h. Se você estava precisando de uma “ajudinha” pra realizar seu sonho de fazer seu filme, esses R$50 mil podem ser sua solução.

#SERVIÇO:
Edital – Histórias de bairros de São Paulo
Inscrições: 23 de abril até o dia 6 de junho
Recurso disponibilizado: R$50 mil
Links importantes: Edital completo // Anexos // Inscrição

Leia também:
Aprender uma profissão é só na faculdade?
Escola de Jornalismo abre inscrições para turma de 2018

Autor:
Redação

Comentários