Tainá Grando dá dicas de como entrar no mundo da dança

Dança 09/04/2018

*Todas as fotos por: Arquivo Pessoal // Tainá Grando

Parte fundamental de qualquer cultura musical, viver de dança envolve um longo trajeto a ser percorrido e muito, muito trabalho. Nas palavras da coreógrafa Tainá Grando, 25, envolve muito estudo também. Dona da própria escola de dança, a WestSide, a gaúcha dançou no ballet do Faustão e participou do quadro “Dança dos Famosos“, assim como já coreografou e participou de mais de 50 videoclipes. Sabendo que tem muita gente que sonha em viver dessa arte, ela nos contou sobre sua trajetória e também deu dicas para quem quer entrar nesse universo! Então se liga nesse papo porque “as que é braba de verdade, vem na coreografia”:

fuleragem1

Para Tainá, o segredo para o sucesso é o seguinte: “Estudar! Estudar é o foco, assim como de todas as profissões”. Com mais de 10 anos de carreira, ela começou a dançar no jazz, ainda criança, numa escola do condomínio onde morava. Se formou em Educação Física, pois como ela mesmo disse: “bailarino é atleta”. Além disso, fez aula de teatro musical e teatro interpretativo para TV e Cinema. “Estudar em escolas [de dança] com professores que são referência no mercado é uma ótima escolha, automaticamente você tem uma direção de como as coisas são, como são os testes, indicações”.

Depois de entender como funciona o mercado de dança, começou a produzir o próprio material para redes sociais. A autopromoção é uma dica valiosa pra quem está começando. “Gravar vídeos dançando bem, tirar fotos, pra você vender seu próprio peixe”, conta animada. “Se você tem seu material atualizado, manda pras agências, que eles te enviarão pros testes”. Manter seu conteúdo atualizado nas redes sociais e enviar para agências são dicas importantes e que serviram como experiência própria para Tainá. “Foi assim que fui convidada pra participar desse clipe da KondZilla, me acharam no Instagram e eu tinha o perfil do clipe”.

“A gente não pode se acomodar. Mesmo trabalhando na Globo, nunca parei de estudar, sempre quis conhecer algo diferente, estudava coisas novas. Sempre fui dedicada e tentei melhorar”.

Enviar currículo para as agências e escolas de dança é um ótimo caminho para começar a trabalhar com dança, seja em shows, programas de TV e em videoclipes. Tainá nos contou que trabalhando na rede Globo, ela ficou muito amiga do Nego do Borel. Quando surgiu a proposta de coreografar o videoclipe “Hoje É Dia de Maldade“, o convite veio das duas partes: da produtora KondZilla e do Nego. Já quando criou a coreografia no videoclipe “Fuleragem“, do MC WM, o convite veio da própria produtora do MC (a Start Music).

“Depois de um tempo, as pessoas já me indicam ou me contratam, porque já conhecem meu trabalho, mas isso HOJE, né?”, conta, dizendo que só depois de uns 5 anos trabalhando e ralando muito, que o reconhecimento veio e que tudo se torna muito legal de fazer. “Uma coisa acontece muito: eu fecho o trabalho com a assessoria do artista, e aí quando chego lá descubro que é a KondZilla [que vai gravar] e já falo ‘ih, tá tranquilo, todo mundo é amigo’ e além disso, são todos muito profissionais. O trabalho flui”.

taina2

Hoje, com a WestSide, Grando leva a galera de lá para participar em alguns clipes. “Consigo montar uma coreografia específica para clipe, com corte, para show, que não tem corte e para TV, que é ao vivo”. Por isso, pega a receita com a Tainá: “É um caminho muito longo, muito teste que não passei, mas é muita ralação por trás de toda carreira de sucesso e eu quero mais. O segredo é não desistir! Não é fácil, mas não dá pra parar de estudar, não dá pra se acomodar. Precisa ser reciclável, as coisas acontecem quando a gente se prepara pra isso.”

Acompanhe o trabalho de Tainá Grando pelas redes: Facebook // Instagram // Youtube

Acompanhe também a escola de dança West Side: Facebook // Instagram // Youtube

Comentários