“Desabafo” – um relato íntimo sobre saúde mental

Saúde 28/09/2018

*Ilustração por: Alan Bandeira // Portal KondZilla

O colaborador Gabriel Gilini mandou este poema pra gente concluir o mês do Setembro Amarelo. Gabriel sofre de transtorno bipolar, recebeu diagnóstico errado de depressão, foi medicado com antidepressivos que só pioraram o quadro, mas atualmente segue estável com o tratamento correto. Em um dos seus períodos mais negros, no meio de um episódio depressivo que se arrastou por mais de meio ano, ele escreveu um verso no meio da madrugada em claro. Leia agora no Portal KondZilla este relato de quem sofre com a doença:

Eu queria poder uma vez pra variar abrir a boca pra algo que não seja reclamar.

Uma notícia boa ou uma palavra de apoio, mas minha mente tá caótica parece que só passa enrosco.

É tanto stress que to com a boca doendo, noite passada acordei me mordendo.

Tive um sonho ruim, um pesadelo recorrente, sonhei que de tanto morder acabei quebrando um dente.

Eu já nem sei mais se o lítio ajuda, na memória distante quase lembro da angústia que sentia antes, mas a vida segue pressionando como um torno implacável.

Tem dias que eu de verdade não sei se vou aguentar, primeira coisa que penso é na dor que posso causar.

Amo minha família e mulher mais que tudo, não teria força pra deixar eles sozinhos no mundo.

Não se preocupa mãe que não vou desistir, só sinto pena de saber que aquele filho forte não tá mais aqui.

Onde ele foi parar também não sei, uma memória distante de um futuro brilhante.

Olhar pra frente é a única opção, se eu acreditasse rezaria pra ter coração suficiente pra cobrir a razão que diz não ter salvação esse buraco que cavei com as minhas próprias mãos.

——-

O autor deixou claro quando pediu para colaborar com o #SetembroAmarelo: se alguém quiser chamá-lo pra conversar, pode chamar sim!

Gabriel Gilini está no Twitter

Acompanhe a KondZilla pelas redes sociais:
Facebook // Instagram // Twitter // YouTube

Leia outros textos do #SetembroAmarelo:
A saúde mental dos artistas de periferia
Conversamos com uma psicóloga sobre saúde mental
Explicando em detalhes: Setembro Amarelo

Comentários