Estabelecida no Funk, MC Carol lembra sua trajetória

Matérias 4 semanas atrás

*Foto: reprodução Uol

A cantora MC Carol anda em alta num momento de representatividade dos públicos. Mulher, negra, gorda e cantando verdades do cotidiano, ela não chega a ser o símbolo de sucesso que estamos acostumados e é por esse motivo que ela conquistou seu espaço e se mantém firme até hoje: por conta da sua força de vontade. Nem todos conhecem a trajetória da garota de Niterói, por isso que o Portal KondZilla apresenta essa entrevista bem maneira que o Hysteria Music produziu. Confira:

Autora das músicas “100% Feminista” e “Bateu uma onda forte” é difícil não sacar quem é a MC Carol no funk. A cantora surgiu na música com o hit “Minha vó ta Maluca“, uma canção inspirada em fatos reais e que acabou na boca do povo. O que era pra ser uma crítica à sua avó que não presenteou a neta pra comprar uma peruca, a música virou seu cartão de visita para os palcos.

Falando em palcos, a coisa não foi tão fácil quanto parece. Carol enfrentou mais problemas do que os habituais. “As pessoas jogavam latinhas, já me vaiaram, já viraram de costas” conta em vídeo. Mas a cantora não desistiu, em suas palavras: “ou eu enfrento isso aqui, ou eu vou ter que trabalhar [em qualquer coisa] para eu sobreviver”. E Carol enfrentou de peito aberto às críticas, tudo em busca de alcançar o seu sonho, que hoje é consagrado por diversos sucessos, shows e até uma participação ao lado da cantora Karol Conka no festival Lollapalooza em 2016.

Na entrevista ao canal Hysteria, Carolina de Oliveira Lourenço, que hoje tem 24 anos, lembra de 2 momentos marcantes em sua trajetória: A participação no programa “Lucky Ladies Brasil” e o convite para participar do SPFW, principalmente por conta do seu perfil. Algo inimaginável para ela e para muitas outras mulheres. Só que aconteceu.

A MC de Niterói ja participou do Canal KondZilla com a música ‘Toca na Pista, Toca na Favela” ao lado do Tropkillaz e o coletivo Heavy Baile. Conquistando diversos espaços, a pergunta fica: qual será o próximo espaço a ser conquistado pela cantora que saiu de casa com apenas 14 anos?

Aproveite este e outros conteúdos do Hysteria. O Hysteria Music é uma série de entrevistas voltadas as mulheres que estão na música.

Acompanhe a KondZilla pelas redes sociais:
Facebook // Instagram // Twitter // YouTube

Leia também:

O protagonismo feminino por Eliane Dias
Fotos fodas de mulheres fodas

Comentários