Kond ganha o prêmio de Homem do Ano da GQ

Notícias 3 semanas atrás

*Todas as fotos por: Reginaldo Junior // GQ Brasil

Konrad Dantas, o Kond, foi eleito pela revista GQ Brasil, uma das revistas mais conceituadas em todo o mundo, como Men of The Year (Homem do Ano, em tradução literal) na Categoria “Música” em 2018. É isso mesmo, uma das maiores referências da música de periferia brasileira ganhou um dos prêmios mais relevantes do Brasil – e do mundo. O Portal KondZilla vai te explicar um pouco o quão foda é isso.

Se você ainda não conhece a GQ, vamos te apresentar. Sigla para Gentlemen’s Quarterly, a revista foi criada nos Estados Unidos, em 1957, e se tornou referência em publicações voltadas para o público masculino. Hoje, a GQ é publicada em dezenas de países e, nessa lista, está incluído o Brasil. Uma das marcas da publicação é o prêmio Men of The Year, que elege os homens (e mulheres também) que foram destaques naquele ano, seja no esporte, na música, no cinema, etc.

Em 2018, a premiação rolou na noite desta terça-feira, 27 de novembro, no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. Reunindo grandes nomes da cultura brasileira, a premiação consagrou como Ícone o tenista Gustavo Kuerten, o Guga, e Marina Ruy Barbosa como Mulher do Ano, além, claro, do Kond, que levou o prêmio na categoria Música. Pra você ter uma ideia da dimensão dessa parada, entre os outros vencedores na mesma categoria já estiveram Paralamas do Sucesso, Michel Teló, Erasmo Carlos… só gente grande da música brasileira.

View this post on Instagram

@kond é o cara que levou pra casa o #PremioGQ2018 na categoria Música. Dá o play! #MOTYGQ2018 . Direção @_matheuscoutinho_ Imagens @cinigalhamarcelo Edição @guilhermeebento Arte @cyber.mano

A post shared by GQ Brasil (@gqbrasil) on

No seu discurso ao receber o prêmio, Kond fez questão de lembrar que aquele prêmio não era só pra ele, mas também “para todas as pessoas que ele representa. Receber este prêmio em nome de toda a periferia do Brasil e ao baile funk é o que me alegra. Me orgulho em ter trabalho por um gênero que ainda sofre muito preconceito, que é o funk”.

Sem dúvidas, esse prêmio vem pra fechar um 2018 fantástico para o Kond e a KondZilla. Foi o ano que o diretor levou o baile funk e a cultura de periferia do Brasil para eventos como o South by Southwest e também iniciou a direção da série “Sintonia”, com a Netflix. Daí tem também as conquistas da companhia, tendo o Canal KondZilla batendo mais de 40 milhões de inscritos e se tornando o terceiro maior canal do mundo, os artistas da KondZilla Records dominando o Prêmio MultiShow e viajando o mundo, a KondZilla Wear lançando novas coleções e o Portal KondZilla se comunicando ainda mais com o jovem de periferia. Ufa, né?! Mas fica tranquilo que 2019 tá aí e garanto pra você que novidades virão, grandes novidades e ainda mais conquistas para todos nós!

Acompanhe a KondZilla pelas redes sociais:
Facebook // Instagram // Twitter // YouTube

Autor:
Redação

Comentários