Mantendo vivo o rap na quebrada, com Tasha e Tracie

Comportamento 16/10/2018

*Todas as fotos por: Jeferson Delgado // Portal KondZilla

Dia 6 de outubro foi um sábado bastante nublado e frio, mas não pude deixar de colar no rolê Expensive Shit e R10 Club: Feijoada, Hip Hop e Pagode na Quebrada. A ideia do jet era unir a galera da quebrada em uma bar que tem diversos drinks, uma feijoada maravilhosa e curtir um bom som (com DJs e MCs) sem precisar se deslocar para outra região. Claro que o Portal KondZilla encostou para prestigiar esse rolê chave, chega mais.


Tracie (esq.) e Tasha (dir.)

Antes de falar do rolê, é importante conhecer quem está no corre para acontecer. “Vim foda em dobro // tipo Tasha e Tracie”, esse é um dos versos da Drik Barbosa na cypher “Poetas no Topo 3.1“, mas você sabe quem são Tasha e Tracie? As irmãs gêmeas são crias do Jardim Peri, na zona norte de São Paulo, conhecidas como as it girls da favela por criarem looks com roupas customizadas que compram em brechós de quebradas, além de fundadoras do movimento Expensive $hit, que fala sobre a auto-estima da mulher jovem, preta e favelada. Ainda são DJs do selo musical Ceia, com grandes artistas do rap nacional como: Djonga e Clara Lima. Resumo: as minas são fodas.


Para abrir a festa, o comando do som estava com DJ MF.

O estilo musical predominante do rolê não era o tão conhecido funk, mas sim o dancehall, que na Jamaica é tão popular quanto o funk é para a periferia daqui. O rolê aconteceu em frente ao bar R10 Club, lá no Jd. Peri. E não pense que a escolha do local foi por questão de acesso ou suporte de energia, a ideia do rolê, além de garantir música de qualidade, tinha a meta de fortalecer o empreendedorismo da quebrada com comes e bebes. Haja caipirinha e feijoada pra galera do bar servir. Outra ação social que estava sendo realizada foi a coleta de brinquedos e alimentos pra distribuir pras crianças da quebrada.

O que mais chamou minha atenção nesse rolê foi a presença diversas pessoas de diversas tribos. Tinha jovens, idosos, crianças, a galera do reggae, tinha a galera do funk, a galera do rap das antigas e também a galera mais do trap, todos no mesmo ambiente, curtindo um som, tomando seu drink e jogando conversa fora. Isso é uma parada muita louca, partindo do princípio que não é fácil unir toda essa galera no mesmo ambiente, Tasha e Tracie conseguiram essa façanha.

Os DJs ficaram responsáveis por abrir a festa e animar o público. No set de Tasha e Tracie teve um pouco de tudo: funk com MC Neguinho do Kaxeta, dancehall com Spice e algo pra dançar a dois mais coladinho. Já no set do DJ MF era uma parada das antigas, com bastante black e hip hop clássicos. Depois de abrir a festa, chegou a prata da casa: Os MCs – afinal, estamos falando de rap. Certo?!

O line up do rolê foi formada para trazer grandes artistas da cena e dar oportunidade para artistas que estão começando agora, ou até mesmo já tem um tempo trampando mas sem tantas oportunidades. Ao chegar a noite, artista por artista foi mostrando seus trabalhos. Os primeiros a se apresentar foram, Emcee Lê, D Monte MC’s, Ashira tudo no melhor estilo mic e caixa de som.

Seguindo teve também Bitrinho, Flow MC, Don L, Terra Preta e fechando as apresentações Febem e Don Cesão chegaram com alguns de seus sucessos como “Caça-Níqueis“, “É memo mestrão?“, “Rosas” e ““.

No momento da apresentação do Don L junto com Terra Preta, tive um reflexão: estava numa quebrada da zona norte, ouvindo um dos grandes artistas do rap nacional cantando no meio da rua e sem pagar nada, foi uma brisa muito simples, mas que tem um peso gigantesco e quando começou a tocar “Beira De Piscina“. O remix deixou o clima mais daora ainda, geral cantando em coro. Sério, foi lindo de se ver. #saudades

Esse não foi o primeiro evento produzidos pelas irmãs Tasha e Tracie que eu fiz a cobertura, ano passado eu estava presente no aniversário das gêmeas e fiz alguns clicks, saca só. Se você curte um rolê de quebrada que toca músicas além do funk e cola uma galera de diversos lugares, gostos musicais e estilo, esse é o rolê certo para você.

Curtiu a ideia? Acompanhe as novidades das irmãs pelas redes:

Instagram // Youtube // Facebook

Siga a Kondzilla nas redes sociais:
Facebook // Instagram // Twitter // Youtube

Leia mais
Um rolê de quebrada
Nitro Point, o baile dos bailes

Comentários