Os super-heróis do rap

Curiosidade 29/08/2018

A cultura pop e o rap tem muito mais coisas em comum do que você imagina. Os quadrinhos, os filmes de super-heróis, os desenhos animados se inspiram e são inspirações para rappers no Brasil e no mundo. Juntando essas duas coisas, o ilustrador Wagner Loud e o youtuber LØAD decidiram criar uma série de ilustração com artistas brasileiros em quadrinhos. O Portal KondZilla trocou uma ideia com ambos para entender um pouco mais dessa mistura!

Com um canal voltado para cultura pop e rap, LØAD conta que uma das suas missões é mostrar pro público que o acompanha que os quadrinhos e a cultura hip-hop tem muitas coisas em comum, com um se espelhando no outro em muitos trampos do outro. Uma das principais barreiras entre os dois é o preconceito.

“O meu canal no YouTube já é focado nisso, em mostrar como a cultura pop e o rap estão próximos. Inclusive, já participei de palestras com artistas como Emicida e Rashid, até pra mostrar pra galera que rap é coisa pra nerd também. Em 2014, o Axel Alonso (um dos cabeças da Marvel) sugeriu pra empresa fazer capas inspiradas em clássicos do rap, esse é um exemplo de como a cultura pop é ligada com o rap, mas eu sentia falta disso aqui no Brasil, o rap sempre foi desvalorizado”.

Wagner, que é ilustrador e já fez vários trampos para bandas de rock nacional e também lançou uma coleção de quadrinhos, juntando super-herois HQs com artistas de punk rock. Ele conta que tanto o punk rock, o hardcore, como o rap tem conceitos parecidos uns com outros.

“Eu cresci ouvindo muito as duas coisas [rap e rock], o skate sempre me colocou próximo dos dois. Pra mim nao tem muita diferença, o discurso é bem parecido, de botar o dedo na ferida”.

LØAD e Wagner se conheceram na Comic-Con de 2016 (onde mais seria, não é mesmo?) e, desde então, cultivam a ideia do projeto Rap em Quadrinhos. Após a criação do projeto do ilustrador com o punk rock, a ideia saiu do papel e, neste ano, foi parar na internet e chamou a atenção do público.

Inicialmente, a ideia da dupla eram fazer 10 trampos. Porém, a coisa ganhou uma proporção inesperada e o número subiu para 15 artistas. Enquanto o ilustrador foca nos desenhos, o youtuber fica na curadoria, vendo qual artista encaixa com tal personagem – sempre fechando a escolha em consenso.

“O Loud fica responsável pelos desenhos, já eu fico responsável por fazer as ligações, ver qual personagem encaixa mais com tal rapper”, explica LØAD. “O Emicida foi o primeiro que escolhemos, e logo me veio a ideia de usar como referência o Miles Morales, falei com o próprio Emicida e ele também gosto. Miles foi o primeiro Homem Aranha negro e ninguém gostou de fugir no padrão, todos já estavam acostumados com o Peter Parker. A mesma coisa surgiu com o Emicida, a galera virou o nariz quando ele surgiu como a nova escola do rap nacional. Hoje em dia ambos são referências. Tento pegar esses pontos de ligações, não ficando preso só por aparência, mas a questão da ligação do personagem também. Daí, se o Wagner aprovar, seguimos em frente…”.

Até o momento, já rolou quadrinhos do Emicida, Negra Li, Karol Conka, Black Alien, Mano Brown, KL Jay, Kamau, Drik Barbosa, Sabotage e Rodrigo Ogi. Já está no forno os HQs também do RZO e Marechal. Então, se você já curtiu esses trampos, pode esfregar as mãos que vem muito mais trabalho foda por aí!

Acompanhe a KondZilla pelas redes sociais:
Facebook // Instagram // Twitter // YouTube

Leia também:
Movimento trap-funk une os sons das periferias
Explicando em detalhes: o que é Sample

Comentários