“Oscar Brasileiro” reúne o melhor do cinema nacional

Notícias 20/09/2018

Rolou na noite desta terça-feira, 18 de setembro, o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2018. O “Oscar Tupiniquim”, organizado pela Academia Brasileira de Cinema, reuniu o melhor do cinema nacional e corou como grande vencedor da noite o filme “Bingo – O rei das manhãs”. O Portal KondZilla traz agora a lista de vencedores e um pouco da história dessa festa.

Realizado inicialmente pelo Ministério da Cultura (2000-2001), depois sendo assumido pela recém-fundada Academia Brasileira de Cinema (de 2002 até hoje), o prêmio reúne os melhores trabalhos escolhidos pela academia. Hoje, tem um total de 29 categorias, sendo a principal disputa de “melhor longa metragem de ficção”. Um dos destaques do prêmio é que a votação é feita on-line pelos associados da Academia.

Neste ano, o principal vencedor da noite foi o filme “Bingo – O Rei das Manhãs”, que levou oito troféus para casa, incluindo o prêmio de “Longa-metragem de Ficção” e “Melhor Ator”, que ficou com Vladimir Brichta intérprete do palhaço Bingo. O evento também homenageou a atriz Fernanda Montenegro, que chegou a concorrer ao Oscar de “Melhor Atriz” em 1999, com o filme “Central do Brasil”.

Outros destaques foram; o filme infantil “Detetives do Prédio Azul”, versão longa-metragem da série de sucesso do canal Gloob; “João, o Maestro”, filme que conta a história de um dos maiores maestros brasileiros, João Carlos Martins e “Real – Uma História Por Trás do Plano”, que aborda os bastidores da implantação do Plano Real, a moeda brasileira que está em circulação até os dias de hoje.

Além dos longas, o prêmio também premia documentários que se destacaram no cenário audiovisual brasileiro, caso do documentário “Divinas Divas” dirigido pela também atriz Leandra Leal e que conta um pouco da história de artistas travestis que marcaram época nos anos 60. “Cora Coralina” foi outro premiado, obra que conta a história de uma das mais importantes poetisas brasileiras.

Confira agora a lista de prêmios vencidos por cada filme:

#Bingo – O Rei das Manhãs
Longa-metragem de Ficção
Ator (Vladimir Brichta)
Ator Coadjuvante (Augusto Madeira)
Direção de Fotografia (Lula Carvalho)
Direção de Arte (Cássio Amarante)
Figurino (Verônica Julian)
Maquiagem (Anna Van Steen)
Montagem Ficção (Márcio Hashimoto)
Voto Popular – Longa Brasileiro

#Divinas Divas
Longa-metragem Documentário
Montagem Documentário (Natara Ney)

#Divórcio
Longa-metragem Comédia

#Historietas Assombradas – O Filme
Longa-metragem Animação

#Detetives do Prédio Azul
Longa-metragem Infantil

#Como Nossos Pais
Direção (Laís Bodanzky)
Atriz (Maria Ribeiro)

#A Glória e a Graça
Atriz Coadjuvante (Sandra Corveloni)
Roteiro Original (Mikael de Albuquerque e Lusa Silvestre)

#Real – O Plano Por Trás da História
Roteiro Adaptado (Mikael de Alburquerque)

#Malasartes e o Duelo com a Morte
Efeitos Visuais (Ricardo Bardal)

#João, o Maestro
Som (George Saldanha, François Wolf e Armando Torres Jr)
Trilha Sonora (Mauro Lima, Fael Mondego e Fábio Mondego)

#O Filme Da Minha Vida
Trilha Sonora Original (Plínio Profeta)

#Uma Mulher Fantástica
Longa-metragem Estrangeiro

#Vênus-filó, a Fadinha Lésbica
Curta-metragem de Animação

#Era o Hotel Cambridge
Curta-metragem Documentário

#A Passagem do Cometa
Melhor Curta-metragem Ficção

#La La Land: Cantando Estações
Voto Popular – Longa Estrangeiro

#Cora Coralina
Voto Popular – Longa Documentário

Acompanhe a KondZilla pelas redes sociais:
Facebook // Instagram // Twitter // YouTube

Comentários